Mais uma vez um conteudo do meu amigo Alex Born, pai do neuromarketing, que dei uma ajuda a escrever, sem falar que a história constrangedora abaixo é eu mesmo kkk

AQUELAS VERGONHAS QUE MÃE REVELA.

Eu tenho um amigo muito próximo, que uma vez ao falar com a mãe dele, ela comentava que não entendia como ele sobrevivia sozinho, se ele nunca arrumava a cama. Inicialmente me pareceu uma lógica um tanto estranha, afinal o que arrumar a cama dele tinha haver com seu possível sucesso na vida pessoal e profissional.

Foi quando resolvi acompanhar mais de perto seu desempenho, aquilo que estava fazendo e comecei a me dar conta de algo que se tornaria quase um mantra das minhas consultorias.

A organização ser a característica potencializadora.

Sim, quando ele não arrumava a cama, significa que aquele lugar que ele voltaria a noite para descansar estaria uma bagunça, seria mais difícil de chegar e deitar com tudo em uma anarquia. Sem contar que imagine voltar cansado e ainda ter que fazer isso…

Comecei a prestar atenção na mesa dele e de outras pessoas, aquelas que começavam o dia já deixando tudo em ordem e aquelas que seguiam na bagunça mesmo. A questão é que normalmente as pessoas que passavam um bom tempo procurando algo, advinha quem eram?

Exato, os não arrumadores de cama.

Não adiantava ele ser uma pessoa incrível ao falar e muito comunicativo, se na maior parte do tempo estava perdido na sua própria bagunça que considerava uma perda de tempo si. Olha que contraditório.

Aquilo que ele não investia poucos minutos para arrumar, lhe roubava maior parte do seu tempo.

Percebo muitas pessoas assim, que não notam detalhes simples como arrumar a mesa, a cama, acabam indo para a cabeça – ou seja, não arrumar as ideias, a estratégia, a lógica.

Dei esse pequeno conselho para ele, comece arrumando sua cama, como aquele símbolo de que é importante estar com as coisas organizadas para potencializar suas demais qualidades.

E DEPOIS DE ARRUMAR A CAMA?

Esse texto foi escrito a 7 anos atras, e achei ele aqui resolvi publicar o antes e agora o depois. Infelizmente, eu sou desorganizado por natureza, meu foco é em fazer o que precisa ser feito com agilidade e simplicidade, e as vezes deixo rastro de bagunça mesmo. Foi difícil ter que amenizar esse problema que lidarei a vida toda, mas me ajudou muito. Pequenos detalhes como arrumar a cama, ter meu check lista, agenda, o Evernote com anotações do que fazer, e algumas pequenas rotinas potencializaram tudo que eu faço… e quem diria, a reviravolta começou com uma fofoca da minha mãe e um puxou de orelha em publico do meu amigo.

gestão é uma semente

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário